Como passei na Univesp



Que sou a louca dos cursos isso ninguém tem dúvida, mas até eu confesso que superei alguns limites da sanidade. Me formei ano passado em Administração, tenho mais um ano para me formar em Marketing, comecei 4 pós-graduações e fui aprovada no Mestrado. E aí, no meio disso tudo, descobri através de um professor do Senai sobre a Univesp, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo e fui saber mais.

Eles possuem cursos de licenciatura, e o que mais tinha me chamado atenção era o de Engenharia da Produção por ser mais similar a ADM. Porém, quando fui me inscrever para participar, descobri que não abririam vagas para esse curso. A boa notícia? Eles iniciaram a turma de Ciência de Dados. Isso fez meus olhos brilharem, paguei a taxa de R$ 45,00 e fui estudar.

Entretanto, meu tempo é muito curto e concilio a rotina de estudos com o trabalho (segunda a sábado clt amigos). Tentei ver as provas anteriores, só que era algo bem raso. Minha estratégia foi olhar a lista de relação entre vagas disponíveis x candidatos inscritos por polo para saber mais sobre as minhas chances e quais lugares eram mais fáceis de se ter aprovação. Queria muito fazer no polo do Butantã, mas lá tinha tantos candidatos que acabei optando por outro - como só preciso ir lá uma vez a cada dois meses realizar a prova, compensaria.

A prova tinha umas 20 questões e estava bem difícil, apesar de ser múltipla escolha. Muitos candidatos até questionaram isso nas redes sociais, pois nas edições anteriores não exigiram tantos conhecimentos assim. O que eu não sabia fazer "chutava", analisando claro qual das opções parecia melhor ou "menos pior" frente as outras.
A redação que me salvou, pois o tema tinha relação com uma das minhas pesquisas de Iniciação Científica, sustentabilidade. Coloquei várias ideias que tinha na cabeça no papel mas saí extremamente irritada com meu desempenho. Pelo menos tinha tentado.


Resultado de imagem para tentar

Quando saiu o resultado, foi aquela emoção: APROVADA! O desafio estava só começando: 4 anos de um curso extremamente difícil em uma instituição bem rigorosa, pois pelos comentários de veteranos não é porque é EAD que você vai conseguir empurrar com a barriga. Alguns chegaram a dizer que a Univesp tem tanto índice de desistência por conta das reprovações que os alunos pegam, que é mais difícil passar em certas matérias ali do que em outras faculdades presencial.

O que deve ter me ajudado bastante foi a redação, onde tirei 1000 porque em física mesmo, não acertei nenhuma haha. O importante é não zerar matemática e português para não se desclassificar.

Dicas para redação da Univesp

Leia o enunciado da redação e o tema várias vezes. Pode parecer exagero, mas a cada vez que eu lia ia entendendo um pouco mais sobre o que estavam pedindo e o que poderia ser desenvolvido. Algumas pessoas leem só uma vez e já saem escrevendo, sem refletir ou absorver aquele conteúdo.

Seja sincero e não invente coisas. Se o seu conhecimento é limitado no assunto, tente fazer um texto normal sem ficar tentando colocar palavras difíceis que nem você sabe o que significa. O importante é o seu texto estar bem elaborado, com começo/meio e fim.

Aborde o tema de um jeito atual. O tema foi sustentabilidade, puxa na memória. O que você sabe sobre isso? Leu alguma reportagem ou notícia de jornal do tema? Sempre sai coisas relacionadas a isso.

Mantenha a calma, faça um rascunho e depois releia o que escreveu. Veja se faz sentido, se as ideias estão bem organizadas. Faça alterações entre frases e parágrafos se for necessário, fiz muito disso porque quando comecei o rascunho só joguei várias ideias e depois, para a folha oficial, fiz com mais atenção para que o texto tivesse sentido.

Posso conciliar a Univesp com outras faculdades?

Pode, e isso na verdade é até comum: maioria dos alunos com os quais tive contato fazem dois, três cursos ao mesmo tempo. Basta organizar seus horários, saber a hora de estudar e de fazer as atividades. O único porém é se for instituição pública, porque só pode fazer uma e aí teria que abrir mão de alguma.

Posso fazer graduação e mestrado ao mesmo tempo?

Sim, apesar de que para fazer mestrado tem que ter concluído alguma graduação - que foi o meu caso, em adm. Porém, fiquei na dúvida se poderia fazer o mestrado junto com a Univesp por ser do governo e falaram que não tem problema, pois graduação e mestrado são duas esferas diferentes. Porém vale contar ao seu orientador do mestrado, porque exige muita dedicação e estudo.

Resultado de imagem para a univesp memes

Queria dizer que estou muito, muuuito feliz com essa aprovação e com medo porque quando me inscrevi, não sabia da aprovação do mestrado - fui saber depois que já estava até matriculada haha. Mas é gratificante estar perto de pessoas tão dedicadas e estudiosas, muitos com conhecimento da área e repassando a quem, como eu, não entende tanto. 

Não sei como sinceramente como vou fazer, talvez eu tranque no meio do ano se o mestrado ficar puxado demais porque a essa altura nem conseguiria dar a vaga para outro, pois já fechou as inscrições.

Boa sorte a todos que estão nessa jornada, e quem não passou foco que terá novas oportunidades.

Postar um comentário

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

My Instagram

Copyright © Um Remédio Chamado Ler. Made with by OddThemes & Artworkdesign