Vale a pena fazer curso na English live?

Já fui em muitas entrevistas de estágio e emprego. Em várias vagas, é perguntado sobre o nível de inglês do candidato, e em muitos casos você não pode prosseguir ou se inscrever se não possuir o nível fluente. Estudei em escola pública a vida toda, saí dali com um verbo to be na cabeça e olhe lá. Não entrava, sabe? Duas aulas por semana em uma sala lotada, muito barulho, distrações. Por mais que o professor fosse esforçado, eu não aprendia.

Resultado de imagem para não aprendo inglês

Então pensei em fazer curso de inglês, mas devido aos valores não conseguia. Então, quando finalmente consegui um emprego para pagar o curso, adivinhem? Não tenho tempo. Como fazer inglês quando se trabalha e faz faculdade? Como fazer inglês com horário apertado? O que foi uma ironia, porque perdi várias oportunidades boas de estágio na área, arrumei um emprego para conseguir dinheiro e me qualificar para conseguir uma vaga melhor, mas aí não sobrava tempo, então tipo... WHAT?

Já usei muito o Duolingo, uma opção gratuita para você aprender e praticar, e de início parecia estar dando certo. Só que eu acabava esquecendo de usar o aplicativo, e quando lembrava já tinham se passado meses. Inglês tem que ser cotidiano: ou pratica com frequência ou esquece. É, eu sei, sou um fiasco no comprometimento haha.

Resultado de imagem para gif no

Foi então que decidi pagar um curso online, e optei pelo English Live/Open English/English Town. Nem sei direito o nome mas sei que é tudo a mesma coisa. Com o aplicativo, você faz as aulas online e é bem similar ao Duolingo, só que com novas funções. Ele é dividido por módulos, que vai desde o iniciante ao nível de quem já é fluente e quer treinar para aprender mais. Dentro desses módulos tem as unidades, e cada unidade deve ter uns 6 exercícios, todos com seu conteúdo de aprendizado e tudo dinâmico: você ouve as palavras e frases em inglês com seus significados, as regras da linguagem e já parte para a prática.

Os exercícios fazem com que o aluno treine completando frases e tem muuuuita conversação, são vários os diálogos que você acaba tendo. O aplicativo te pergunta algo em inglês, e você tem que responder em inglês e acho isso bem legal, porque querendo ou não, mesmo que você grave o significado de uma frase, você ler ela e ouvir é totalmente diferente.

Outra coisa que gostei bastante são as aulas particulares: eu assinei um pacote com 24 aulas particulares e ganhei mais 24, ou seja, 48 ao todo. Só fico preocupada porque em cada unidade estou pedindo um professor particular, e quando chegar na metade do curso já não terei mais, se continuar assim.


Resultado de imagem para english live

Tive uma aula com a Beverly, professora do Alabama, e fiquei até assustada porque ela passou 95% da aula falando no idioma dela, o inglês. A Beverly entendia o que eu falava em português, em vários momentos eu não sabia o que dizer e retornava ao nosso idioma mas mesmo ela entendendo, me respondia em inglês. Me fez ficar meio frustrada, ela só respondia em português no último dos últimos casos, mas por incrível que pareça a maior parte eu entendia - o ruim era essa pequena parte que eu não entendia e seguia em frente.

Mas também tem as aulas bilíngues, onde você que é iniciante que nem eu solicita um professor particular e caso você não entenda algo, ele fala com você em português e explica. Só que existe um horário específico: professores bilíngues estão disponíveis apenas das 18:00 até às 00:00, o que me fez ficar bem frustrada. Me falaram que tinham professores disponíveis durante 24 horas, só esqueceram de mencionar que para um iniciante é apenas 6 horas. Tem também as aulas em grupos, e se não me engano tenho direito a 360 aulas, quase que 1 por dia. Gente, foi um susto que só minhas primeiras aulas em grupo, porque todo mundo só falava em inglês e não tinha um brasileiro. Levou algum tempo para eu me adaptar ao aplicativo.

Resultado de imagem para frustração

Aí descobri que aulas em grupo também tem a opção de ser as bilíngues, e só tem brasileiro bem dizer. Cada aula dura em torno de uns 40 minutos e tem cerca de 2 a 6 alunos por classe. Consegui aprender muito e assim, pra mim que sempre tive dificuldade de aprender sozinha, estava sendo uma experiência maravilhosa. Assinei um plano de duração de um ano, ganhei meses a mais e já são quase um ano e meio de curso.

O que posso dizer é que durante esse tempo todo, eu não sinto que aprendi muito. A mensalidade foi de quase R$ 200,00, isso porque meu pacote era "metade do preço". É o valor de um curso presencial, então me arrependo muito do valor investido. Acabou sendo um gasto mesmo.

Eu recomendo se você tem tempo, se você não tem esquece. Eles, na hora da venda, fazem um milhão de promessas, que se você não tem tempo é o ideal, que não sei o que. Sério, se eu pudesse pegar meu dinheiro de volta, tinha feito presencial mesmo. Tentem até cancelar, mas com eles não adianta: você pode reclamar o que for, não vai conseguir cancelar o contrato. Até fiz reclamação nas redes sociais deles, mas apagavam. E encontrei várias pessoas na mesma situação, é por isso que você só vê elogio lá: se você falar mal, eles apagam. Isso diz muito de uma empresa, ne?

Cada caso é um caso, pode ser que realmente tenham pessoas que aprendam ali. Não foi o meu caso. Agora que já terminei de pagar os boletos ficam mandando mensagem oferecendo renovação, desse mal não quero mais. Agora é procurar outros meios para aprender inglês.

Postar um comentário

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

My Instagram

Copyright © Um Remédio Chamado Ler. Made with by OddThemes & Artworkdesign