Resenha: Stage Dive #4 | Deep - Kilye Scott

Quando eu conheci a série Stage Dive a anos atrás, por conta de uma postagem no facebook, não imaginava que me apaixonaria tanto assim por esses personagens. Todos os anos eu tento reler algum, e me encanto novamente por cada casal. É a história de quatro amigos que juntos formaram uma banda de rock e depois de anos alcançaram sucesso mundial. Muito dinheiro, fama e em cada livro, cada um deles consegue achar uma mulher para se apaixonar. Confira:



Título: Deep
Autor: Kilye Scott
Série: Stage Dive #4
Gênero: New Adult, romance, hot
Páginas: 304
Editora: Universo
Ano de publicação: 2015

Sinopse: A série mais sexy dos últimos tempos chega ao final... Positivo. Com aquelas duas linhas do teste de gravidez, tudo na vida de Lizzy Rollins, uma simples estudante de Psicologia, estava prestes a mudar para sempre. E tudo por causa de um grande erro em Las Vegas, cometido com Ben Nicholson, o irresistível baixista da banda Stage Dive. E daí que Ben é o único homem que fez Lizzy se sentir completamente segura, adorada e descontrolada de desejo ao mesmo tempo? A universitária sabe que o lindo astro do rock não quer nada além de um pouco de diversão, ainda que ela mesma busque justamente o contrário. Por outro lado, Ben sabe que Lizzy está em zona proibida. Totalmente. Ela é a nova cunhadinha do seu melhor amigo, e pouco importa o quanto a química entre ambos seja fenomenal, não importa o quão sexy e doce ela seja: o baixista não vai tomar nenhuma atitude. No entanto, quando Ben precisa mantê-la longe de problemas na Cidade dos Pecados, ele rapidamente descobre que o que acontece em Vegas nem sempre fica em Vegas. A partir daquele momento, Ben e Lizzy estarão ligados do modo mais profundo que existe... mas será que isso os fará ligar seus corações?

Para quem não leu os outros livros da série, não tem problema ler em ordem aleatória, ta? Cada livro foca em um personagem diferente e aqui temos o Ben Nicholson, o baixista do Stage Dive. Nos livros anteriores, é dito que ele é incrivelmente alto, não está atrás da fama e não acredita no amor. E aqui nós conhecemos um pouco mais desse homenzão: ele curte a música, simples assim.

Se qualquer um o encontra na rua raramente o reconhece, diferentemente de todos os outros membros. Ele veste roupas comuns, se mistura na multidão, dirige o mesmo carro a anos e não gasta muito. Sua maior despesa na realidade é sua irmã, que sai torrando o dinheiro dele como se o bendito fosse uma espécie de cofre. 

Em contrapartida temos a Lizzy, a irmã mais nova da Anne - que foi protagonista do livro 2, Play. Lizzy é bem madura para a idade, estuda psicologia na faculdade e desde que conheceu Ben se apaixonou perdidamente por ele. Eles começam a trocar mensagens, se tornam amigos mas isso não fica muito claro nos outros livros. Aliás, no livro Play temos uma cena em que a Anne saiu com o Ben para jantar fora e ele não largava o celular, ficava trocando mensagens com alguém. Aqui descobrimos que é a Lizzy.

Resultado de imagem para deep stage dive

Apesar da aproximação dos dois, Ben não quer nem saber de relacionamento. Em Las Vegas, em uma cerimônia, as coisas fogem do controle, os dois fazem sexo e depois fingem que nada aconteceu - Ben até arruma uma namorada. 

O livro começa com uma reunião de todos os amigos - membros da banda e suas respectivas esposas/namoradas e a Lizzy começa a passar mal. Ela descobriu que estava grávida e tentou manter segredo, a galera descobriu e foi a maior merda porque o Ben prometeu ao Mal que jamais encostaria na Lizzy e nem faria nenhum dano a ela.

"Oque ele fazia com meu coração e com minha mente não podia ser descrito. O modo como ele completava meu coração até ele transbordar me assustava demais."

Depois da revelação, a história volta para antigamente, o começo da amizade entre o Ben e a Lizzy para enfim mostrar o que aconteceu depois da briga: Ben continua sua vida de solteiro e deu dinheiro a Liz. HAHAHAHA que pelo "pai do ano". 

Foi preciso o Jimmy dar um esporro nele e fazê-lo acordar. "Ei, cara, aquela é a mãe do seu filho. Ou você ajuda ela estando presente, indo aos exames e todo o resto ou então muito em breve seu filho vai nascer, crescer e lembrar de você como um idiota que nunca está presente. É isso que quer?". As coisas começam a mudar aos poucos depois disso, e quem mais atrapalha do que ajuda é a própria irmã do Ben, uma desgraçada sangue-suga.

Eu fiquei muito triste pela Liz porque ela desde o começo tinha o pensamento de que era mãe solteira e mesmo quando o Ben passou a se aproximar, sempre ficava na cabeça que acabaria cuidando do filho sozinha. Largou a faculdade e enfrentou tudo, sabe? Os dois estavam despreparados, a vida mudou radicalmente mas foi ela que sentiu isso de verdade, que mesmo com medo e chorando de vez em quando tentava encarar tudo de frente pelo bem do seu "feijão" que crescia dentro dela.

Resultado de imagem para deep stage dive

Ben se redimiu no final? Sim. Eu o perdoei por tudo? Não. E esse é o casal que eu menos gosto em toda a série. Até o mais imaturo de todos, o Malcon, se comportaria melhor do que o Ben fez em várias situações. Mas é uma história muito doce e emocionante, principalmente por conta da gravidez. Não era o desfecho que eu esperava de Stage Dive, mas valeu a pena cada página. 

Postar um comentário

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

My Instagram

Copyright © Um Remédio Chamado Ler. Made with by OddThemes & Artworkdesign