Resenha: Nos Bastidores da Pixar - Bill Capodagli e Lynn Jackson

Título: Nos Bastidores da Pixar - Lições do Playground Corporativo Mais Criativo do Mundo
Autor: Bill Capodagli e Lynn Jackson
Gênero
Páginas: 184
Editora: Saraiva
Ano de lançamento: 2010

Sinopse: Os leitores aprenderão a criar o seu próprio parque de inovação por meio dos segredos do sucesso da Pixar, que incluem a simples filosofia de que a qualidade é o melhor plano de negócios. Relata também como esta divertida organização oferece um ambiente de trabalho que incentiva a imaginação, a invenção e a colaboração prazerosa entre as pessoas e os meios de trabalho.


Que a Pixar é uma fábrica de fazer animações isso a gente já sabe. Mas já parou para pensar em como é trabalhar em um lugar onde a criatividade e as risadas são requisitos para todos os funcionários? Um lugar de descontração, amizade, conhecimento e muitas loucuras. Nos Bastidores da Pixar é um livro que peguei por acaso e me encantei pela cultura dessa organização. 

De fácil leitura, a obra é recheada com entrevistas, frases, dicas e nos dá uma visão de como uma das empresas mais criativas do mundo funcionam, tudo isso para que você possa aprender mais a respeito dessa grande organização e para que possa acrescentar alguns desses conceitos no seu local de trabalho e quem sabe até na sua vida.

Eu reuni várias informações do livro e vou deixar abaixo para vocês terem uma ideia de como ele é. Já começa com o seguinte conceito na cabeça: a infância não é uma ideia, mas um estado de espírito. Não deixe a vida levar a criança que existe em você e nunca é tarde demais para relembrar a magia. Acredite no poder dos seus sonhos, corra riscos e persiga grandes ideias. E nunca, mas nunca mesmo comprometa o seu sonho de longo prazo por causa de ganhos de curto prazo.

Sinceramente, esse livro é tão fantástico que vai além de um livro de negócios, ele realmente pode inspirar você. Quais são os seus sonhos e suas metas? Pense no que gostaria de fazer e aplique alguns conceitos apresentados no livro. É uma aula de vida, de empreendedorismo,

Pixar: personagens

Uma coisa interessante e que achei o máximo é que quando tudo começou, os membros fundadores e primeiros funcionários trabalhavam em um lugar pequeno, não tinham muita verba e usavam a cabeça. Eles redecoraram o lugar de uma forma em que cada um iria se sentir bem e feliz, transformar seu espaço de trabalho em um lar, sabe? Compraram vários móveis em lojas de usados e era uma peça mais estranha que a outra.

Quando o dinheiro finalmente veio, eles conseguiram uma sede enorme, com direito até a universidade própria. Mas a essência continuou lá e os funcionários mais uma vez decoraram seus escritórios conforme desejavam.Isso é algo bem diferente da maioria dos escritórios, onde você não pode colocar nem uma plantinha na mesa.

Reuni abaixo algumas frases e propostas:


  • A criatividade não segue posições; ela apenas surge de onde vem
  • Regra de ouro da liderança: Faça com os outros o que gostaria que fizessem com você.
  • Pior do que perder o emprego é deixar o sonho de uma vida inteira escapar.
  • Tente, aprenda e tente de novo. O medo de fracassar poe interromper o sucesso logo de cara.
  • Para sermos bem-sucedidos, precisamos aprender a fracassar e a responder aos fracassos. O que chamamos de fracasso é um processo de aprendizagem.



  • Se quiser ser original, é preciso aceitar a incerteza, inclusive quando isso for desconfortável, e deve ter a capacidade de se superar quando a sua organização corre um grande risco e fracassa.
  • Você pode cair, porém, mais cedo ou mais tarde, estará fazendo saltos triplos.
  • Falhar pode ser estimulante, pois capta imaginação. Mas você tem que falhar na velocidade da mudança... Quando fizer isso, alegre-se e aprenda!
  • Quando você se leva a sério demais, a vida deixa de ser divertida!
  • Libere a sua imaginação: inova ou morra. A escolha é sua!



  • É impossível viver sem fracassar ou falhar em algo, a menos que você viva tão cautelosamente que talvez possa passar como se não tivesse vivido. Mas, nesse caso, você teria falhado por omissão. - Rowling
  • Aprenda a atacar o processo em vez de atacar as pessoas.
  • Aprenda a reconhecer a diferença entre o adequado e excelente.
  • Seja feliz e faça seu trabalho brincando. A vida é curta demais para não se divertir com o que você faz.
  • Faça cursos online e gratuitos, treine e ajude a liberar todo o seu potencial!



  • Ao final de cada projeto, identifique as cinco coisas que faria diferente e as cinco que iria repetir.
  • Não se pode pedir a inovação como se pede uma pizza. Ela exige cultura colaborativa e liderança dedicada.
  • Faça o seu sonho infantil se tornar realidade, acredite em si mesmo e em seus companheiros, atreva-se a pular na água e comece realmente a fazer a diferença.


Fracassos famosos


  • A máquina de fax foi uma invenção que fracassou em 1840
  • A máquina copiadora foi rejeitada pela GE e pela IBM em 1937 e só foi produzida em 1947.
  • John Grisham teve seu primeiro romance rejeitado 12 vezes
  • J. K. Rowling era mãe solteira, desempregada e foi recusada por várias editoras antes de finalmente lançar Harry Potter
  • Orvile Wright foi expulso da escola
  • Michael Jordan uma vez não conseguiu levar sua equipe de basquete do ensino médio à categoria principal
  • Winston Churchill era o último da classe
Resultado de imagem para Resenha: Nos Bastidores da Pixar

Frases de Walt Disney

Acontece que eu sou um cara questionador e quando vejo coisas que não gosto, começo a pensar se elas precisam ser como são e como posso melhorá-las.

É divertido fazer o impossível.

10 ideias para incentivar a cultura de correr riscos


  1. Comemore os fracassos como comemora os sucessos
  2. Pense que não existe nenhum projeto no mundo que você não consiga colocar para ser testado em semanas
  3. Para terminar um projeto implore/empreste/roube material, ferramentas e conhecimentos para terminá-lo
  4. Faça sua equipe pensar em 10 ideias malucas para seu projeto. Mesmo que seja bizarra e incomum, mesmo que não seja colocada em prática, PENSE
  5. Não ter orçamento é desculpa, não barreira
  6. Não se torne escravo do planejamento. Um bom plano precisa ser flexível para permitir várias tentativas
  7. Tenha uma "Central de Planejamento", onde todos os planos e protótipos são visualmente exibidos e acompanhados
  8. Longas reuniões e enormes relatórios de planejamento nem sempre são eficientes. Faça uma visita a Central de Planejamento para atualizar os membros do projeto
  9. É mais fácil pedir perdão do que permissão. Já dizia Capitão América: "Eu não estou aqui atrás de perdão. E estou longe de pedir permissão". 
  10. Encontre sua alma gêmea: um cliente ou fornecedor tão bizarro e ousado quanto sua equipe para ajustar e testar ideias/protótipos 
Sua empresa é divertida?

  • É comum ouvir os funcionários rindo?
  • Se um gerente está por perto, a risada continua ou diminui?
  • O bom humor no local de trabalho é comum ou é a crítica sarcástica destrutiva?
  • Seu chefe normalmente é otimista e feliz?
  • Quando algo dá errado ou sai besteira, os funcionários conseguem rir dos próprios erros?
  • Fazem comemorações divertidas com frequência?
  • O ambiente físico é propício à diversão?
  • Você envolve seus clientes internos ou externos em seu ambiente de diversão?

Incendeie o seu local de trabalho

--> Crie um playground exclusivo. Pode ser uma sala, um espaço do refeitório, fazer com que os funcionários tragam suas próprias coisas e montem seus escritórios do seu jeito. Existe uma diferença entre um lar e uma sede corporativa, e você pode transformar sua empresa nas duas coisas.

--> Deixe espaço para trabalho personalizado. Faça com que os funcionários demonstrem criatividade, montem frases e citações engraçadas ou filosóficas. É uma forma de cada um expor sua individualidade, promover ambiente de confiança e respeito.

--> Deixe seus empregados serem reconhecidos pelo trabalho que fazem por pessoas de fora da empresa. Nada dessa coisa de "no mais absoluto segredo". Deixe que cada colaborador receba as suas glórias.

Ideias para liberar a imaginação

-->  Faça sua equipe experimentar seu produto ou serviço na prática, como um cliente.

-->  Tenha objetos que inspirem a equipe

-->  Faça passeios em lojas, visite fornecedores, faça algo diferente para buscar algo em que se inspirar.

-->  Incentive espaços individuais de trabalhos criativos, como por exemplo um concurso do mês sobre o Espaço de Trabalho Mais Criativo.

--> Tenha uma Sala dos Sonhos. Espalhe ideias criativas em storyboards.

-->  Faça o dia de não fazer nada e do não uso da tecnologia, apenas em casos de emergência.

-->  Comemore o fracasso do mês, veja quem foi o ferrado e aprenda com esses erros. É para destacar as vantagens de aprender com as falhas

--> Faça algo audacioso todos os dias. Seja animado. Faça um almoço diferente, vá trabalhar de pijamas, escreva um dos seus relatórios com grafite, etc.


Recomendo esse livro para quem está em cargos de gestão, para empreendedores, para os apaixonados por desafios e para quem tem o espírito da criatividade. Principalmente por todos aqueles que nunca deixaram de sonhar. Ao infinito e além!

> Aceite o caos e abrace a confusão. Inovar exige um certo nível de incerteza. Tente, falhe, aprenda e tente novamente.



Postar um comentário

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

My Instagram

Copyright © Um Remédio Chamado Ler. Made with by OddThemes & Artworkdesign