Resenha: Lick - Kilye Scott

Olá, caros leitores! A resenha de hoje é sobre um livro chamado Lick, o primeiro volume da série Stage Dive da autora Kilye Scott. Alguns anos atrás, lá estava eu passeando pelo facebook quando encontrei a capa desse livro. Não sei em que página foi, só sei que quando li a sinopse na descrição da postagem, eu tive certeza de que teria que ler esse livro o mais rápido possível. Confira:




Título: Lick
Autor: Kilye Scott
Série: Stage Dive #1
Gênero: New Adult, romance, hot
Páginas: 304
Editora: Universo
Ano de publicação: 2015

Sinopse: Uma noite de aventuras. Um casamento inusitado. E uma ardente história de amor...

No impulso de uma noite de diversão e bebedeira em Las Vegas, Evelyn Thomas casou-se com um desconhecido. No dia seguinte, porém, ela se deu conta de que aquilo fora um terrível engano. Então, decidiu manter este pequeno deslize em segredo.

O que Evelyn não sabia era que havia se tornado a esposa do cobiçado David Ferris, guitarrista da famosa banda de rock Stage Drive. Agora, ao retornar para sua casa em Portland, ela terá de enfrentar as perseguições de repórteres, fugir às loucuras das fãs do astro e ainda encarar sua família, que não demonstrou nenhum contentamento com o ímpeto matrimonial da jovem filha.

Será que Evelyn conseguirá resistir às delícias de David a fim de permanecer como “a garota certinha” ou decidirá embarcar nessa glamourosa aventura junto ao marido rockstar?

Evelyn, mais conhecida como Ev, resolveu comemorar o aniversário com sua melhor amiga em Las Vegas. Sair um pouco do cliché que era sua vida, sabe? Viva las Vegas. Só que... Bom, as coisas não saem bem como ela queria. Porque acordar no dia seguinte com uma ressaca do caralho do lado de um homem seminu cheio de tatuagem não era bem o que ela esperava. Tudo bem que o cara era gostoso, sexy como o inferno e tudobem.com.br, mas ela não conhecia o cara. Na verdade, ela não se lembrava nem de como foi parar ali, já que a noite passada era um breu.

E espere, ainda há mais. Além de, ao que parece, ter passado a noite com um cara que ela nem lembra como conheceu, eles se casaram. Típico de Vegas. E isso é totalmente ruim, porque ela não pode aparecer para os seus pais e dizer : "Hey, me casei com um rockeiro tatuado em Las Vegas. Não sei o nome dele, não sei quem ele é, mas é o amor da minha vida". Não mesmo. Então ela resolve usar o lema "O que acontece em Vegas, fica em Vegas". Nada poderia dar errado. Ela se divorciaria do cara, voltaria pra faculdade de arquitetura, e tudo voltaria a ser como era antes. Correto? Nãao.

Porque o cara é David, da famosa banda de rock Stage Dive. Ele é simplesmente um deus do rock e do sexo, aclamado pela mídia e pelos fãs. E agora Ev é mundialmente famosa e além de perder o estágio e a paciência dos pais, está sendo ameaçada por um bando de lunáticos que a considera a novo Yoko Ono. Ah, e tem também os paparazzi que não param de a seguir.

Acordar em Vegas nunca deveria ser assim...
Os planos de Evelyn Thomas para comemorar seu vigésimo primeiro aniversário em Las Vegas eram grandes. Enorme. Mas ela com certeza nunca quis acordar no chão do banheiro com uma ressaca que rivalizava com a peste negra, com um muito atraente homem tatuado e seminu, e um diamante no dedo, grande o suficiente para assustar King Kong. Agora, se ela pudesse se lembrar de como tudo aconteceu. Uma coisa é certa, estar casada com o filho favorito do rock in roll com certeza será um passeio selvagem.



É uma história fofa e gostosa de ler, apesar de ter momentos em que você fica com raiva de David e depois fica com raiva da Evelyn. No começo, Davi bancou o idiota, mas depois que você conhece a "versão" dele, quando ele se explica, você fica "wont". Recomendo.






Postar um comentário

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

My Instagram

Copyright © Um Remédio Chamado Ler. Made with by OddThemes & Artworkdesign