Resenha: Como orientar com eficácia seus funcionários - Linda A. Jerris

Título: Como orientar com eficácia seus funcionários
Autor: Linda A. Jerris: 
Gênero: Administração e Negócios
Páginas: 109
Editora: Campus
Ano de lançamento: 1995



Sinopse: Como elaborar um programa de orientação para funcionários, levando em conta que orientar é apresentar uma nova pessoa à empresa, a sua cultura e ao trabalho, e que treinamento envolve experiências e informações que ajudam o funcionário a se tornar mais competente e qualificado. Este manual aborda a orientação como um processo contínuo de apoio aos objetivos e metas do negócio da empresa e ensina a planejar, conduzir e avaliar um programa de orientação.

Para aqueles que não sabem, estou prestes a me formar em Administração de Empresas e sou a fundadora e responsável pela Revista Jovem Geek, que já conta com mais de 20 colaboradores. Apesar de todos trabalharem voluntariamente, nós tentamos sempre melhorar nossa eficiência e agir da melhor forma profissional possível e com qualidade. Eu tive muita sorte de poder contar com tantas pessoas esforçadas e incríveis, temos profissionais das mais variadas áreas ali conosco incluindo jornalismo, marketing, publicidade e propaganda, letras, psicologia etc, sem falar daqueles que trazem as experiências profissionais que já tiveram em empresas das quais já passaram. Até mesmo um conceito como ter uma intranet, um portal interno para funcionários que é algo normal em empresas de call center nós aderimos. Atualmente tenho como diretores Carol, Felipe e Brendo responsáveis pela redação, gestão de pessoas, artes e o que for surgindo.

Uma coisa interessante é que nosso modelo de liderança é horizontal, onde todos tem seus papéis e nos revezamos nas funções. Acredito que todos podem contribuir e essa coisa de "tem um chefe, sub-chefe, diretor disso e daquilo e cada um no seu quadrado" é prejudicial para qualquer negócio. É claro que é necessário a liderança, mas sem bancar essa coisa de "eu sou o chefe, estou acima de você então cala a boca e só escute". É importante que todas as áreas estejam envolvidas e que em cada reunião todos possam sentir que podem dar ideias e sugestões, que sua opinião é ouvida-mesmo que às vezes a gente não consiga colocar em prática naquele momento.

Isso exige certo nível de responsabilidade e maturidade, o que é incrível porque está funcionando conosco. Particularmente, sempre tive o desejo de ter minha própria empresa e acredito muito em dividir as tarefas para evitar sobrecarregar alguém e em não ficar no pé a todo instante cobrando. Você sabe o que tem que fazer e tem seu prazo, contato que faça o que foi pedido eu não vou ficar toda hora perguntando, "e aí, já fez?".

É claro que isso levou tempo, tentativas e erros. Estamos sempre buscando melhorar algo porque algo bom pode ficar ótimo, excelente, excepcional, UAU. E como eu disse, não se trata apenas de mim, mas de cada pessoa que está ali fazendo a sua parte.

É por isso que decidimos criar um programa de treinamento para novos membros. Antes a gente tinha certa dificuldade porque depois que alguém entrava na equipe era tudo corrido, não tínhamos material de nenhum de explicação e íamos jogando as coisas em cima deles.

Resultado de imagem para Como orientar com eficácia seus funcionários

Então decidimos criar o Onboarding, uma espécie de treinamento para toda vez que uma nova pessoa entrasse para a equipe. Criamos ebooks, deixamos material pronto. E eu estou dizendo isso porque se sentimos a necessidade em uma organização online, imagine em uma empresa com sede fixa e funcionários registrados. Mas acredite, várias empresas por aí não possuem um sistema de treinamentos, sem falar daquelas que dizem que possuem mas é aquela coisa super rápida, mal explicada e com informações desatualizadas.

O livro Como orientar com eficácia seus funcionários mostra muito disso. A importância de você reunir informações da sua empresa e deixar todo um material pronto. Nada complexo, estamos falando de um PDF, uma apresentação no power point com os slides, talvez um vídeo institucional se puder. E não é algo que vá custar dinheiro, é mais o tempo de reunir mesmo todos os dados. A obra é dividida em 8 capítulos e começa falando da importância de elaborar esse treinamento, afinal é a 1ª impressão que aquele novo funcionário tem da empresa e termina com os feedbacks após o treinamento, para verificar se a pessoa não tem alguma dúvida ou se assimilou bem. Algumas perguntas essenciais que precisam de respostas:


  • Qual é a origem da sua empresa? Quem são os criadores e responsáveis? Quais produtos e/ou serviços ela oferece? Quais são os principais clientes? 
  • Qual é a missão, visão e valores da organização? Quais são os departamentos, o que cada um faz, para quem se reportam e como se interligam?
  • Quais são as políticas da empresa? Quais normas existem e qual sua cultura? O que esperam do novo funcionário?
Uma dica essencial que o livro nos mostra é uma carta de boas-vindas. A pessoa que acabou de entrar não conhece ninguém, não sabe como as coisas funcionam e está cheia de expectativas com relação a quais serão suas atividades e o que esperam dela.

Resultado de imagem para treinamento para seus funcionários

Na Revista Jovem Geek antes de adicionar a pessoa nos nossos grupos marcamos com ela um horário para isso. Encaminhamos uma carta de boas-vindas explicando coisas básicas e a preparando para esse treinamento. Quando o treinamento chega, enviamos um ebook que explica nossas atividades e departamentos e geralmente é o Brendo que vai explicando todas as partes, inclusive um mini-tour pelo nosso site e intranet (sim, nós fizemos um blog onde apenas quem é membro consegue acessar as informações presentes).

Mas como eu disse, sempre podemos melhorar e esse livro me deu várias ideias de aperfeiçoamento. Ele inclusive possui modelos de treinamentos que já existem e formulários para a alta gestão e funcionários responderem para verificar o andamento e qualidade das orientações. Isso não serve apenas para o novo membro, mas até para aqueles antigos que ficam um pouco perdidos.

O Brendo, nosso principal responsável pela aplicação desses treinamentos na Revista Jovem Geek deu seu comentário:

"Depois que começamos com o nosso esquema de treinamentos, a revista teve uma melhor organização. Antes era só aceitar o novato e empurrá-lo para a equipe, e hoje já se tem todo um preparo e cuidado para que esses novos entrantes sejam bem introduzidos na equipe. Treinamentos são muito importantes e devem ser feitos periodicamente para que atualize os novos membros e os veteranos também"

Ao ser perguntado sobre quais as dificuldades de passar esses treinamento, Brendo disse não haver muito mistério.

"Difícil é fazer o grupo todo ter foco. No nosso caso, tudo é online e os treinamentos são pelo whatsapp. Eu vou enchendo de mensagens e não sei se todo mundo lê kkk.

Isso também acontece nas empresas físicas, como fazer com que a pessoa esteja envolvida e seu treinamento não se transforme naquela palestra chata e maçante? Brendo também responde.

"Tente interagir fazendo perguntas, veja se o pessoal tem alguma dúvida antes de passar para o próximo assunto. Faça o pessoal falar e interagir também, porque senão fica chato só eu falando". 

Recomendo para quem pensa em abrir uma empresa, quem já possui e não tem um sistema desses e quem possui porém sente que não é muito bom. Aliás, até para os blogueiros de plantão que possuem colaboradores a leitura é válida. 

Postar um comentário

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

My Instagram

Copyright © Um Remédio Chamado Ler. Made with by OddThemes & Artworkdesign