Falando em Série : Gotham - Um Remédio Chamado Ler

Um Remédio Chamado Ler

Um cantinho legal na internet

18 de fev de 2019

Falando em Série : Gotham

Se tem uma coisa da qual sou viciada, é em série de heróis. Não só séries, mas filmes também. Tudo começou com Homem de Ferro, o filme que levou milhões aos cinemas do mundo inteiro. Assistia Capitão América, depois Thor, e aí foi caindo a ficha de que esses filmes todos estavam relacionados um com o outro. Não sou daqueles aficionados que acompanham desde pequeno, não li tantas HQ's como gostaria de ter lido e em alguns assuntos ainda sou uma iniciante.

Mas a paixão por esses universos é imensa. De repente, eu assistia The Flash e não conseguia parar. Arrow veio depois, assim como as séries da Marvel tais como Demolidor e Agents of Shield. Independente de ser Marvel ou DC, cada um com seus favoritos mas as duas são incríveis quando você as conhece. E então fiquei sabendo de Gotham e fiquei tipo, por que eu assistiria uma série do Batman sem o Batman? Esse foi meu primeiro pensamento a anos atrás antes mesmo de ir ao ar o episódio piloto. Assisti porque essa vibe de super-heróis me pegou e queria ver se estaria no mesmo nível de outras.



A premissa inicial de Gotham era a de contar a origem de alguns vilões sob a perspectiva de James Gordon, detetive de polícia recém chegado na cidade. O que aconteceu foi que logo no 3º episódio eu já queria desistir.

Veja bem, nunca passou pela minha cabeça pensar em Gotham dessa maneira. É a cidade que tem o Batman, a mais suja, corrupta e macabra do mundo. Mas o que faz Gotham ser tão ruim assim? Por que falam tão mal dela, por que ela precisa de um Batman? Foi a essas perguntas, das quais eu nem tinha pensado, que acabei tendo respostas. Jim chega nessa cidade nova e fica embasbacado sobre a podridão que ela é, e várias vezes me vi comparando ela com São Paulo.

A polícia, o órgão que deveria proteger os cidadãos, é escrota. Jim Gordon tenta. Ele é o bonzinho, o politicamente correto, o que quer as coisas certinhas. Mas quando você é carne nova num lugar assim, é preciso ter cuidado. E eu poderia passar horas e horas falando da evolução da série, do que me fez continuar assistindo, dos personagens, das críticas, mas tudo dela me surpreendeu e é um ótimo exemplo de séries que você pode não gostar no início mas que só melhoram com o tempo.

Resultado de imagem para gotham serie gif viloes

Tem tanta coisa pra falar, e tantas brigas. Brigas que foram parar nas redes sociais. Temas polêmicos, como casal gay/ homofobia. Diferente de tantas outras séries similares, Gotham não é uma série de heróis, até porque nem o Batman o é, propriamente dito.

E os atores, gente... é uma atuação melhor que a outra, e nem o elenco infantil deixa a desejar. Nomes como Robin Lord Taylor, Morena Baccarin, Cory Michael Smith, David Mazouz, Camren Bicondova, Cameron Riley Monaghan são marcantes.

Não é uma série perfeita e não é uma adaptação 100% fiél. Ela se inspira e muito nas histórias originais, mas não pensem que verão uma cópia exata. O Bruce é apenas um garoto, ele não é o Batman. E sim, mesmo sem o Batman, os vilões estão surgindo. Considerem isso como uma verão alternativa, um universo paralelo, algo assim. Porque sério, esse papo de "não assisto porque não tem o Batman", "não assisto porque não é 100% igual as HQ's" já ta cansando. É um discursinho chato e repetitivo de gente que só sabe reclamar. Não quer assistir? Não assista. Mas não precisa ficar de hater por aí.

Resultado de imagem para gotham serie

Infelizmente parei na 4ª temporada por falta de tempo mesmo, vou esperar as próximas férias para me atualizar. Mas fiquei sabendo que a 5ª temporada está dando o que falar, até porque o menino Bruce já não é tão "menino" assim. Ao contrário das outras séries da DC essa até me faz torcer um pouco para certos vilões, a insanidade consegue até fisgar o expectador. E vocÊs, já ouviram falar de Gotham?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.