Siga @katherslynne

17 de ago de 2018

Uma pausa para filosofia (que não será diária nem semanal)


Alguém e eu morro de curiosidade para saber quem ropôs a seguinte citação para que eu fizesse um post isso aqui vai ser cheio de achismo e opinião própria. E, como eu não fujo da raia, vamos lá...


Antes de começar, quero relembrar que estou falando de Romance Policial, e provavelmente semana que vem teremos sorteio de 1 ou 2 livros do gênero. Dá uma conferida no último post aqui.



Sempre que me proponho a pensar, falar ou escrever sobre as relações humanas eu tenho em mente a contradição de nossa existência, e é por ai que começo sempre.
Já nascemos acorrentados e alienados a realidade à qual pertencemos, isso é um fator ainda mais preocupante na era digital. Quantas crianças não são viciadas em ´ influenciadores digitais ´? Se uma pesquisa for feita, com certeza as crianças e adolescentes seriam o alvo principal de youtubers, por exemplo. Somos um sabonete que passa de mão a mão nos dando uma forma a medida em que vamos enrijecendo e ficando menos maleável. E quando chegamos à idade adulta e estamos ´formados´ aquela sensação de inquietude, desprazer e dependência vai nos cercando. Ora, se vivemos a vida inteira pelos preceitos de outrem como de repente devemos criar nossos preceitos nós mesmos?

Nesse ponto já podemos começar a falar da frase. Não existe uma pessoa sequer nesse mundo que não tenha em si tudo que é preciso parar formar um ser humano completo, subjetivamente falando.  Vejamos as coisas de uma forma bem simples, se eu me vejo como um ser completo mesmo com minhas incoerências, meus problemas e meus defeitos eu sou julgado enquanto um filha da p*ta egoísta, se eu me deixo de lado para me doar aos próximos eu sou um trouxa. Ao contrario do que se diz altruísmo e egoísmo não são tão opostos assim, são a mesma coisa com foco em pessoas diferentes.

Por fim, retorno a ideia não citada aqui ainda de que damos muita significância as nossas ações porque somos carentes de importância. Temos a necessidade de guardar um segredo ou nos reconhecermos altruístas para podermos sustentar a ideia de que somos importantes e vitais em algum lugar/espaço.

Aquele não era o fim Eu acho difícil falar sinteticamente, são muitos pontos a serem abordados nessa única frase. Em suma, o que posso dizer é que desde a imagem a combinação de palavras nada mais é que uma construção social onde podemos enxergar o mal e o bem de forma clara e nos identificarmos em um dos dois lados. Essas malditas correntes sociais vem nos arrastando de volta ao ponto em que nossos desejos e pensamentos se tornem algo que já não é nosso.

Talvez eu seja muito jovem e inexperiente simplesmente pra me propor a discutir sobre questão como estas, mas como algum autor já disse por ai, tudo bem não estar bem; eu não sou responsável pela forma que meus receptores interpretam meus posts, sou apenas responsável pelo que produzo e estou sempre disposto a me doar 100% seja em um post, uma conversa, um relacionamento amoroso, na família ou no trabalho tendo sempre em mente que sou repleto de incoerências, imperfeições e problemas. Ainda assim, nada, hoje! me impede de entregar as pessoas a peça que ela acha que falta em si. Essa peça não está em mim, o máximo que fazemos é encontrar uma peça mal-encaixada em outrem e ajusta-la, isso não nos compromete em nada se não quisermos...

Para finalizar relembro a mais brilhante frase (romantica) que já li em um livro.

 


~ Cada um aceita o amor que acha que merece ~ Stephen Chbosky














Pense que devemos parar de ser fartos de outrem e escassos de nós mesmos, ai encontraremos o amor que realmente merecemos.

Mais uma vez eu poderia ficar aqui escrevendo por páginas e páginas, o fim nunca me agrada...






É isso caros leitores... Encerramos nossa programação especial, na semana que vem voltamos a nossa programação padrão. SK vos deixa e espera sua colaboração para (re)aprender uma melhor forma de SER.




5 comentários:

  1. vc se perde no foco dos posts do grupo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi alguém,

      Você fala em relação a todos meus posts ou só esse em especifico?

      * vou tentar não me desviar mais xD *

      Excluir
  2. O que isso tem a ver com o blog? hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite André,

      Isso vai depender muito do contexto que eu interprete a pergunta, mas se você ver com atenção o início da postagem da para entender, ou se der uma olhada no post anterior a esse.

      Mesmo assim, eu estou e estive ciente que desviar o foco poderia ser algo não muito legal. I´m sorry!!!

      Excluir

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.