Resenha: Série Napolitana - Elena Ferrante - Um Remédio Chamado Ler

Um Remédio Chamado Ler

Um cantinho legal na internet

2 de mar de 2018

Resenha: Série Napolitana - Elena Ferrante

A amiga genial, História do novo sobrenome, História de quem foge e de quem fica, História da menina perdida.













Já citei algumas vezes Elena Ferrante aqui no blog. Mas, ainda não tive a oportunidade de falar sobre algum livro dela. E hoje, falarei sobre a tetralogia napolitana, composta de quatro volumes "A amiga genial, História do novo sobrenome,história de quem foge e de quem fica e História da menina perdida". Fiquem tranquilos que não haverá spoiler.

Elena Ferrante é um pseudônimo de uma tradutora italiana. Considerada, uma das maiores autoras da Itália, sendo, talvez superada apenas por Umberto Eco, isso em termos comerciais é muito significativo. No Brasil, ficou conhecida pelo livro Dias de abandono, que é excelente. 

Dias de abandono conta a história de Olga, uma mulher abandonada pelo marido. Uma história que muitos dizer ser autobiográfica. Por isso, dizemos que o pseudônimo Elena Ferrante é uma mulher.  

Em Dias de abandono, Elena usa de uma linguagem crua e muito realista para criar suas personagens. Sabe aquele tipo de personagem, que conhecemos em algum lugar por ser tão real?. E isso acontece nesses livros também. 

A história se passa numa Nápoles dos anos 50, pobre, super povoada e com uma caracteristica peculiar: Os abusos. 

Abusos de todo tipo, violência diária em casa, com os vizinhos,etc. É uma aflição ver a descrição dessa cidade. Nesse contexto de violências, surge ao decorrer da história movimentos comunistas que tentam frear a ideia fascista de Mussolini, que toma forma novamente no país europeu. 

Aliados a isso, temos personagens críveis e situações que podem acontecer conosco. O livro é narrado em primeira pessoa por Lenu, que no primeiro capítulo do A Amiga genial,já idosa, descobre que sua amiga Lila desaparece sem deixar vestígios. A partir daí, começa então o livro de memórias sobre a amizade dessas duas e seus relacionamentos. Portanto, um livro de formação. Pois, contará a história dessas amigas da infância até a velhice.

Lenu, a narradora da história é uma menina super inteligente e dedicada. Que apesar da pobreza da família consegue estudar e dedicar seu tempo a leitura. Na primeira infância ela conhece Lila, uma menina diferente, que sofre com um pai violento e relações nada simples.

A amizade das duas é permeada de inveja e aquele desejo de superar a outra em seu talento. Uma amizade um tanto abusiva, mas recheada de significado. Lenu, sempre tem uma necessidade de superar Lila e Lila sempre tem a necessidade de rebaixar a Lenu. Não são personagens unidimensionais, mas personagens de várias camadas que ao longo da história vão se desenvolvendo.

Enfim, tenho medo de contar mais e acabar dando spoiler. Mas Elena Ferrante, é aquela autora que precisa ser lida e discutida na sociedade. E essa série, é uma das melhores já escritas. 





2 comentários:

  1. OI, Thainá, eu vou conhecer a Elena Ferrante esse ano, já comprei alguns livros dela e tenho os digitais da série napolitana. Sua resenha está muito legal! Amei!
    Abraços,
    Drica.

    https://testelivroseideias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o trabalho dela, os livros dessa série parecem ser muito bons, ótima resenha.

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.