Cara, nunca pensei que faria um post com um título desse. Sério, sou fã da J. K. Rowling a anos, amo a franquia Harry Potter, sou apaixonada pelos livros e filmes e grata por ela ter participado ativamente do processo de produção [ao contrário de alguns autores que venderam os direitos, não participam nem da escolha do elenco e acabam se arrependendo depois]. Só que ta rolando uma situação muito chata no mundo bruxo e eu precisava falar disso aqui.

Como muitos já devem estar carecas de saber, a J. K. Rowling produziu um roteiro para fazer uma trilogia de filmes baseado naquele livrinho que os alunos de Hogwarts precisam para estudar Trato das Criaturas Mágicas, Animais Fantásticos e onde Habitam. O livro foi escrito pelo famoso magizoologista Newt Scamander, no mundo da magia ta porqe foi a própria Rowling que fez. Mas ele é mais um guia falando dos animais, e durante um bom tempo até especularam como seria o filme.

Assistimos ao filme, eu mesma levei um susto quando vi o vilão porque apesar de já conhecer ele, não desconfiei que era ele ali, e só mostra no finalzinho, e descobrimos que o ator que faria ele nos cinemas era ninguém mais que Johnny Deep.



E a princípio poderia ser uma notícia maravilhosa, porque o Johnny Deep é um ator de renome e grande peso, traria mais relevância para os filmes. O problema é que estourou aquela notícia de que ele teria agredido a Amber Heard, agora ex esposa do ator. Saiu depoimento dela, foto e vídeo da suposta agressão. E fiquei muito tempo na negação porque so fã dos personagens dele, A Fantástica Fábrica de Chocolate e Piratas do Caribe são meus queridinhos.

Eu ficava tipo, "se for verdade, okay, mas precisamos de provas mais concretas". Junte isso ao fato de que isso estava acontecendo com outros atores e pessoas envolvidas de hollywood, sendo acusados de agressão, abuso sexual, etc, e foram sendo afastados, tirados de seus respectivos cargos.

Mas então o que acontece com o Deep? Porque com outros, mesmo não sendo provado a acusação, foram afastados enquanto rolava as investigações, então por que ele não? E a desculpa de que ele já havia sido escolhido, feito as gravações não cola, não quando até a Netflix tirou do papel o ator Kevin Sacey, protagonista de House of Card. Tem filme que foi regravado só para que o fulano acusado de abuso não aparecesse.

E assim, é claro que se for mentira, isso pode estar prejudicando carreiras, mas convenhamos, é só sair na rua que dependendo de como você for vestida ou por qual lugar passa, vem os metidos a engraçadinhos te comendo com os olhos, assobiando, falando merda.

A J. K. Rowling já foi vítima de abuso pelo ex marido, quem conhece a história dela deve saber. Então os fãs começaram a cobrar uma posição da autora, até porque ela sempre foi presente nas escolhas em relação aos filmes, opinava na escolha dos atores, então por que ela não dizia nada? Ela que sempre tem algo a dizer quando algo com o que o não concorda estava em silêncio e isso durou quase um ano.

Eis que chega essa data, 06/12/2017, e ela finalmente se pronuncia. Não preciso nem dizer, virou rapidamente um dos assuntos mais comentados do twitter.

Em resumo, ela disse que não tiraria o Johnny, mesmo que pudesse, que estava feliz em ter ele no elenco e começou a bloquear fãs que questionaram a decisão. Cara, JK nunca fez isso, ela não é de bloquear fã assim, geralmente ela incentiva o diálogo e debate, desde que respeitando ambas as partes, só que ela não quis nem saber de nada.

Decepção aqui está grande, aguardando mais novidades a respeito ):

7 Comentários

  1. Eu também fiquei chateadissíma com essa fala dela pois pensei que seria ao contrario e sobre ser afastado ou não me faz pensar se não é questão de machismo como Kevin Spacey foi afastado por ter abusado de homens e Jhonny Deep continua trabalhando normalmente depois de agredir uma mulher e vários outros casos mesmo que são colocados embaixo do tapete de Hollywood.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Deve ter mais coisas que a gente não sabe, porque Hollywood está tomanco providências, até onde a gente sabe, por que com o Deep é diferente?

      Excluir
  2. Nossa, foi um erro que não passa despercebido, mas mesmo assim não deixa de ser bom.
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  3. Ando bem desligada e não sabia dessa história, mas a declaração dela realmente foi decepcionante!

    ResponderExcluir
  4. oi!
    EU sou muito fã de Harry Potter e acompanhei os filmes e li os livros, e fiquei muito decepcionada coma autora. na minha opinião ela deveria se posicionar contra e não dar esta declaração...
    bjo

    ResponderExcluir
  5. Penso, logo existo6 de maio de 2020 00:08

    Bom sei lá... Johnny Deep ator é diferente de Johnny Deep agressor. Discordo da maioria e tendo a concordar com a JK Rowling na decisão de não regravar o filme e de não expulsá-lo do elenco. Não sei porque ela começou a bloquear usuários, no entanto... é uma atitude suspeita. Se Deep agrediu alguém, ele tem um grave transtorno e é um canalha. Deveria ser preso/punido pela justiça e repensar seus atos de merda (é raro, mas as pessoas mudam... kkk). Nem sempre isso acontece, masss... A atitude podre dele não tem muito a ver com seus méritos como artista. São coisas separadas. O Kevin Spacey era um ótimo ator também. Se longe das câmeras era predador sexual, ele que se vire pra encarar as consequências ruins.

    Enfim, é uma opinião pouco comum, mas acho que a mídia americana - e a nossa, por sinal - faz um escândalo extraordinário com criminosos sexuais, provavelmente por serem uma sociedade extremamente conservadora e puritana. Se parar pra pensar, isso faz sentido com o que esteriotipam em Hollywood: censuram até o sexo enquanto a violência recebe bem menos controle. Dessa forma, nossa percepção sobre a realidade, condicionada por isso, se distorce. E por que diabos a crescente banalização da violência no entretenimento? Porque a sociedade americana é uma sociedade violenta. Lá se compra arma no supermercado. E gente, sinceramente... o que é o sexo consensual (repito: consensual) perto da violência, ao menos no que diz respeito à temática de filmes e livros? A indústria de entretenimento americana aplica forte censura em algo "normal", são fascinados pelo proibido. Sexo é visto com um estranho sentimento de "pecado" pelo ocidente até os dias de hoje... nada explica melhor o boom da indústria pornográfica do que isso. Pfvr, não confundam minha posição crítica à violência de filmes como favorável à censura, sou liberal ao extremo no que diz respeito ao conteúdo de qualquer arte.

    Enfim, os abusadores são péssimos, mas os assassinos são bem piores. Pelo menos uma pessoa abusada/violentada sai viva e tem a chance de viver sua vida (realizar sonhos, conviver com a família, estudar, etc). Uma pessoa morta não tem isso. Falo assim porque quase morri uma vez... quando saí da situação vivo, parei pra refletir seriamente.

    OBS: nossa agora que vi que essa notícia é antiga kkk. Ai, ai. Adoro esse blog

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.